Notícias

Após desapropriação, Aeroporto de Santo Ângelo terá ampliação

27/07/2018 | Fonte: Correio do Povo | Acessos: 120

As obras têm previsão de gasto de R$ 38 milhões e devem começar ainda neste ano

A Prefeitura de Santo Ângelo encerrou o processo de desapropriação de terras no entorno do Aeroporto Sepé Tiaraju. O projeto de ampliação da estrutura demandou uma área de 10 hectares a mais do que a atual. O secretário municipal de Indústria e Comércio, João Baptista Santos e Silva, explica que, por meio de um decreto de desapropriação por interesse público, a prefeitura realizou a aquisição. “São áreas rurais, ninguém morava no local. A prefeitura fez uma oferta a dois proprietários, que aceitaram a proposta do Executivo”, revela. A negociação foi baseada em valores de mercado.

A área já foi disponibilizada para a Secretaria Nacional de Aviação Civil, que encaminhou o projeto executivo ao Estado. O Departamento Aeroportuário do Estado (DAP) informou, em nota, que recebeu a documentação referente ao anteprojeto das obras de ampliação em 29 de junho e está analisando o material para, então, ser formalizado o Termo de Cessão de Uso de Projeto de Engenharia. A próxima etapa é a assinatura do Termo de Compromisso firmado entre União e Estado, documento que autoriza o governo gaúcho a dar início ao processo de licitação. O DAP não informou prazos para finalização desta fase.

A expectativa é de que até o mês de agosto o Estado encaminhe a licitação e, em 90 dias, a União aloque o recurso. As obras, com previsão de gasto de R$ 38 milhões, devem começar ainda em 2018. Será ampliado o terminal de passageiros e construída uma nova área para estacionamento das aeronaves. Atualmente, o aeroporto comporta o pouso de um avião por vez. Com o investimento, até cinco veículos poderão pousar ao mesmo tempo. O aeroporto de Santo Ângelo completou um ano de operação de uma rota para Porto Alegre, três vezes na semana. Foram 20 mil passageiros, com 80% de lotação.

< Voltar

Envie a um amigo